Instituído em 2000, o Prémio Novos Artistas, um dos mais importantes prémios no domínio das artes em Portugal, destina-se à revelação de novos valores da criação nacional no domínio das artes plásticas. Entre os vencedores destacam-se artistas como André Romão (exposição “1977/1981” no Camões Berlim em 2016), Gabriel Abrantes, Joana Vasconcelos, Leonor Antunes, Mariana Silva, Priscila Fernandes e Vasco Araújo.

Em 2017, Diana Policarpo criou uma paisagem sonora para a galeria do Instituto Camões em Berlim na ocasião do lançamento do livro “Lo-Fi Strata”, publicado no contexto da exposição homónima do artista Gonçalo Sena.

A pintura de Isabel Madureira Andrade, uma das finalistas, juntamente com AnaMary Bilbao, Dealmeida Esilva, Mónica de Miranda e Henrique Pavão, foi distinguida com uma menção honrosa.