O fim do ano é sempre uma altura para olharmos para trás. Os meses são revistos e é feito um balanço dos planos pensados e dos êxitos alcançados. O mesmo acontece na literatura com os vários prémios e distinções. Destaca-se o que de melhor foi publicado nos últimos meses e homenageiam-se obras e autores. Na 3ª edição alemã do JL, recordamos os vencedores dos principais prémios literários de 2019.

Associação Portuguesa de Escritores
Romance e Novela:
Hélia Correia
“Um Bailarino na Batalha”
Relógio d’Água

Conto:
José Viale Moutinho
“Monstruosidades do Tempo do Infortúnio”
Letras e Coisas

Poesia:
Gastão Cruz
“Existência”
Assírio & Alvim

Viagens:
Afonso Cruz
“Jalan Jalan”
Companhia das Letras

Literatura Biográfica:
Joel Neto
“A Vida no Campo”
Marcador

PEN Clube
Romance:
Julieta Monginho
“Um Muro no Meio do Caminho”
Porto Editora

Poesia:
Tatiana Faia
“Um Quarto em Atenas”
Tinta-da-China

Outros Prémios
Prémio Camões:
Chico Buarque de Hollanda

Grande Prémio de Literatura dst:
Lídia Jorge
“Estuário”
D. Quixote

Prémio José Saramago:
Afonso Reis Cabral
“Pão de Açúcar”
D. Quixote

Prémio Fernando Namora:
Julieta Monginho
“Um Muro no Meio do Caminho”
Porto Editora